Lenha ou pellets: que tipo de madeira prefere para se aquecer?

Decidiu optar por um aquecimento a madeira que combina economia, ecologia e desempenho. Mas uma questão subsiste: “que combustível e que salamandra respondem melhor às suas necessidades em termos de aquecimento?” ». Lenha ou pellets: aqui está uma comparação dos dois tipos de salamandras para ajudá-lo a escolher a mais adequada.

Pellets, desempenho e simplicidade

Autonomia. Com um reservatório de grande capacidade, as salamandras de pellets não necessitam de um abastecimento regular. Além disso, são programáveis e até controláveis remotamente por comando à distância nalguns modelos, como, por exemplo, a salamandra de pellets “Cedrus” da Invicta.

Bem-estar constante. Simples de utilizar, produzem um calor agradável e constante durante um longo período de tempo, sem qualquer intervenção da sua parte para manter a chama. A tecnologia das salamandras de pellets combina eficácia e vantagens práticas que lhe proporcionam liberdade e flexibilidade.

Qualidade dos combustíveis. Além disso, as pellets compostas de resíduos de serradura e de aparas de madeira proporcionam um combustível de excelente qualidade. Graças ao seu elevado desempenho energético, proporcionam um aquecimento eficaz e agradável.

Rendimento e preços superiores. Ao atingir 80 em mais de 90% de rendimento, as salamandras de pellets geralmente superam o desempenho dos sistemas tradicionais a lenha. A sua autonomia também é superior. Alguns modelos Invicta, cuja reserva tem uma capacidade de 22 kg, permitem-lhe desfrutar do calor até 36 horas. O preço de compra da salamandra de pellets e das pellets é mais elevado.

Atenção. Caso tenha decidido optar por pellets, deve, antes da compra, verificar se existe um fornecedor deste combustível na sua área geográfica.

Salamandras a lenha, poupança e estética

Ambiente. Verdadeiras favoritas das famílias, as salamandras a lenha continuam a cativar através do sublime espetáculo de fogo que proporcionam ao seu olhar. Objeto contemporâneo de design e de bem-estar, adapta-se a qualquer tipo de interior e apresenta-se de diversas formas para um ambiente cada vez mais acolhedor.

Preço competitivo. As salamandras a lenha utilizam um combustível mais barato, visto ser mais acessível e disponível do que as pellets. Em termos de custos de utilização, são os combustíveis mais competitivos do mercado. Satisfazendo as exigências da etiqueta “Flamme Verte”, as salamandras a lenha garantem uma eficiência energética de qualidade, podendo atingir até 80%. Tenha em atenção que estes aparelhos espalham o calor rapidamente e não necessitam de eletricidade para funcionar.

Autonomia. Ao contrário das salamandras de pellets, a sua autonomia é limitada a algumas horas, sem intervenção humana. Existe um modo de combustão prolongada que permite voltar a acender a salamandra facilmente passado várias horas (por exemplo, presença de brasas de manhã após uma noite sem qualquer carregamento).

Autenticidade. Caso procure uma experiência autêntica e intensa, a salamandra a lenha é ideal para si. No entanto, terá de avivar a chama regularmente!

Atenção. Antes de comprar uma salamandra, não se esqueça de arranjar espaço para armazenar a lenha ao abrigo da humidade.

Em resumo…

A Invicta propõe uma solução para os indecisos!

Torne-se o mestre do fogo ao optar pelos dois tipos de combustível! A Invicta propõe-lhe uma gama de produtos que combina as vantagens de ambos os combustíveis: as salamandras mistas (MIX e AKIMIX). Com uma autonomia de 12 a 18 horas com pellets e uma lareira com capacidade para até 38 cm de lenha, poderá escolher entre o modo de aquecimento automático e a convivialidade proporcionada pelo fogo da lenha.

Share on linkedin
Share on facebook

Descubra

Artigos relacionados

Orçamento gratuito

Responda a algumas perguntas sobre o seu projeto, um profissional da sua área entrará em contato com você o mais breve possível.